O NOVO CENTRO: novos comerciantes

O NOVO CENTRO: novos comerciantes

Participei das reuniões periódicas promovida pela Associação Comercial de Sorocaba, com a participação dos comerciantes e o Senhor Prefeito Municipal, sobre a revitalização do nosso centro comercial. Nota-se os esforços, seja do chefe do Executivo e de seus secretários, cujo intuito é mudar não só a estética do centro comercial como também o comportamento dos comerciantes e consumidores.

Assim muita coisa está para mudar: desde o alinhamento das guias com substituição das calçadas, retiradas das fiações aéreas, a padronização das fachadas, o disciplinamento dos estacionamentos, carga e descarga, além da revitalização das praças.

Porém nada disso terá importância se os comerciantes não observarem que o grande diferencial do novo centro comercial deve estar cada vez mais na melhoria da prestação de serviços aos consumidores. Teremos que ter capacidade de tornar nossa empresa melhor e diferente, temos que motivar nosso pessoal, e surpreender o nosso cliente com novos produtos e serviços de qualidade

Quem souber tirar proveito destas inovações do centro comercial, e transforma-los em oportunidades, terá um imenso mercado à disposição.

Temos que nos preparar para que nossa empresa atenda a necessidade de conveniência, que é uma das mais emergentes nesse início do milênio: o tempo é o maior patrimônio das pessoas. Assim se o nosso cliente não vier até o centro, vamos atraí-lo com eventos nas praças revitalizadas, como também fazendo o nosso produto chegar até o consumidor através da tele-entrega gratuita.

Hoje, oferecer estacionamentos gratuitos para os clientes é comum. Agora se o cliente ao retirar o seu veiculo estiver lavado, houve uma surpresa agradável que poderá implicar em conquista definitiva..

Os comerciantes deverão sair do lugar comum, e adaptarem-se a uma nova postura diante do novo centro comercial, melhorando o clima de sua loja, e identificando o que pode estimular a sua equipe a produzir mais, trabalhando as necessidades particulares de cada profissional, de forma a identificar quais os mecanismos mais estimulantes para motivar a equipe.

Os consumidores também devem colaborar, com gestos simples, como não jogar lixo nas ruas.

A diferença é que o comerciante que não se preparar com vendedores experientes, corre o risco de ter pouca qualidade no atendimento, o que poderá refletir no futuro, como avaliação negativa pelo consumidor.

O comerciante deve mudar sua postura frente às incertezas do mercado, deve ser mais otimista e sair na frente das possíveis crises, preparar o seu comércio com um excelente visual, com estoques adequados e conforto para receber os consumidores. Não existe possibilidade de poucas vendas no novo centro comercial. Preparem-se, contrate muitos vendedores porque este é um aviso que num futuro muito breve a sua loja será invadida por consumidores.

Afinal o novo centro, exige-se que os antigos comerciantes se transformem e novos para atender novos consumidores.