TRABALHO: como fazer tudo errado

“Caso mude de ideia e queira fazer o certo, embora possa
parecer mais difícil, ou às vezes ainda mais trabalhoso,
mas será sempre mais recompensador”.

Alguém já me falou certa vez, que existem duas maneiras de fazer um trabalho: o certo e o errado. O normal é fazer da maneira certa, o problema é quando se faz da maneira errada.

Então já que o tema é para fazer errado, comece esperando que as coisas a sua volta melhorem de forma automática. Siga pensando ser uma vítima e que tudo de errado sempre acontece com você. Acredite ainda que os seus problemas são os maiores do mundo.

Além disso, aproveite para adiar novamente aquele curso que você já poderia ter começado.Nem se preocupe também em iniciar o curso superior que você gostaria de fazer ou trancou há alguns anos. Afinal o que você mais dispõe é de tempo, deixe mais uma vez para o próximo semestre ou o próximo ano.

Na empresa onde você trabalha procure não se envolver muito com os afazeres, pois quanto mais você se envolver, mais se tornará responsável e isso significa mais trabalho sobre suas costas. Se você for convocado para uma reunião, tomara que não notem sua presença. Caso notem e se por um azar daqueles, você for convidado a opinar sobre algo, diga logo que não concorda, muito embora não tenha prestado muita atenção no que foi dito.

Em sua mesa, procure deixar sempre muito papel a vista. Arrumar para quê se no outro dia tudo vai estar desarrumado.

Agende compromissos e acabe perdendo mais tempo se preocupando em qual desculpa vai dar desta vez, do que em cumprir o que foi agendado.

Com seus chefes mostre-se sempre a disposição, mas ao mesmo tempo “ocupado”. Para isso, sempre tenha a mão um papel qualquer e uma caneta, mesmo que seja para ir pela quarta vez ao banheiro e sexta a copa tomar um cafezinho . Afinal ninguém é de ferro.

Não haverá nenhum problema em chegar sempre atrasado vinte minutinhos. Afinal tem gente que chega muito mais atrasado do que isso. Continue usando como desculpas àqueles raros argumentos como: “foi o trânsito”, “furou o pneu” ou algum outro igualmente original.

Quando algum cliente precisar de ajuda, deixe logo claro que você não é do atendimento e se for uma reclamação, mesmo que o cliente esteja dentro da empresa, diga a ele para entrar em contato por telefone posteriormente.

Dar bom dia, boa tarde e boa noite? Para que, se a maioria das pessoas não responde. Viva reclamando de tudo e de todos. Considere as menores questões como problemas gigantescos e de preferência mostre sua indignação a todos que puder.

Por fim junte-se a turma que gosta de deixar tudo como está, e procurem os responsáveis pelo seu fracasso. No entanto, caso mude de ideia e queira fazer o certo, embora possa parecer mais difícil, ou às vezes ainda mais trabalhoso, mas será sempre mais recompensador.

E após decidir pela mudança, procure valorizar o seu trabalho, sua vida e as pessoas a sua volta, tentando sempre dar o melhor de si e se empenhando em fazer tudo certo. Agindo assim, você verá resultados positivos em sua vida.

João de Araújo é pós-graduado em RH, advogado  na área trabalhista, diretor da Abal Gestão de Serviços Ltda.