A PROFISSÃO: não entregue ao acaso

A PROFISSÃO: não entregue ao acaso

Identificar onde começa a profissão não é trabalho dos mais fáceis, pois para qualquer trabalhador é necessária uma minuciosa pesquisa em sua vida desde o nascimento para constatar o início da sua profissão.

De um modo geral, pode-se aceitar que a maioria das profissões não deve começar na empresa. Como também não deve ter início no primeiro emprego ou no primeiro trabalho.

Numa primeira observação o tema tem pouca importância, pois a que interessa saber onde começa a profissão. Posso afirmar que quanto mais tempo demorar a definir uma profissão, mais dificuldade terá para construir uma carreira bem sucedida.

Dom Pedro II foi teve início a preparação para ser o imperador do Brasil aos 6 anos de idade. Os nossos filhos quando criança já escolhem três profissões: bombeiro, policial ou médico.

Mas antes, quero iniciar a análise, dizendo que a profissão pode começar verdadeiramente em casa. Um exemplo típico é quando os filhos seguem a profissão dos pais. Isso ocorre porque desde pequeno sua profissão espelhou-se nos afazeres destes e na convivência do dia a dia.

A profissão pode começar ao observar comportamentos de pessoas na rua. O caso mais conhecido é do apresentador e empresário de televisão Silvio Santos, que ao andar na rua deparou com um camelô, tendo despertado inicialmente para a profissão deste, depois foi para o rádio e a televisão, encaminhando-se para uma bem sucedida carreira empresarial no meio das comunicações.

Conheço outras pessoas que a profissão começou na escola, quando se matriculou em um curso técnico ou superior e num determinado momento, em uma aula, identificou no professor uma carreira seguir.

Meu filho de 12 anos colocou na cabeça que quer ser dentista após fazer tratamento com um profissional da área. Assim tudo que você fez antes de entrar numa empresa é o que conta ponto para se dar bem na profissão.

Mas talvez você deve estar me questionando, pois no seu caso específico a sua profissão começou na empresa onde trabalha, uma vez que entrou sem nada saber e hoje tem uma profissão formada. Muito seja louvável que já tenha uma profissão, é certo que você entregou o seu futuro ao acaso. É fato ainda que atualmente as empresas contratam profissionais e não tem oferta de trabalho para quem não tem profissão. Além do acaso você foi premiado pela sorte.

É preciso insistir que profissão é coisa muita séria para ser lançada ao acaso ou a sorte, dela depende a sua sobrevivência e de seus dependentes. A minha mensagem neste artigo é que você faça alguma coisa em prol de você e para a formação da sua profissão bem antes de empregar-se numa empresa.

Afinal uma empresa ao contratar um trabalhador com uma profissão definida, poderá oferecer uma melhor remuneração. Enquanto os que nada sabem tem que começar do zero, e isto é um péssimo negócio tanto para você como para a empresa.

Mas nem tudo está perdido, se você ainda não encontrou a sua profissão, não espere que caia do céu. Trata de refazê-la o mais rápido possível. Se ainda tem dúvida qual a carreira seguir, procure fazer um teste vocacional. Hoje as empresas exigem profissionais prontos para que apresentem os resultados de imediato e o meio mais rápido para encontrar o seu emprego é já ter uma profissão definida.