Como ser contratado por uma das melhores empresas

Especialistas em recursos humanos dizem o que faz a diferença na hora das entrevistas

DENISE RAMIRO

Quando uma empresa muito boa abre vagas, o número de concorrentes costuma ser alto. Muitos terão competência técnica e a experiência requerida. Por isso, quem consegue o emprego, em geral, é quem consegue se destacar em outros quesitos. Mas quais? Para mostrar como aumentar as chances de ser contratado, recorremos a um grupo de especialistas acostumados a contratar profissionais para grandes empresas. Eis o resultado:

1. Defina as empresas nas quais você gostaria de trabalhar
Não adianta sair disparando currículos sem critério nenhum. Quem faz isso acaba sendo chamado para trabalhar numa empresa que nada tem a ver com seu perfil profissional. É melhor fazer uma lista com os nomes das empresas que se encaixam em seu perfil profissional – e dar os tiros certos.

2. Contenha-se no currículo
Um recrutador típico gasta 40 segundos para guardar ou jogar fora um currículo. Por isso, seu currículo deve ter, no máximo, duas páginas. Destaque as principais atividades que desenvolveu e os resultados obtidos. Detalhes como experiência profissional no exterior e participação num projeto importante contam pontos.

3. Vire um contador de histórias
Todas as histórias profissionais têm altos e baixos. É importante que você saiba apresentar sua vida profissional como um caminho coerente. O que você viveu conta pontos. Como você se transformou conta mais.

4. Tenha bons modos
Parece óbvio, mas faz muita diferença. Paciência, tranquilidade, educação ao tratar os outros impressionam positivamente. Em igualdade de condições, o comportamento é um fator decisivo na contratação. Demonstrar vontade de aprender é crucial.

5. Seja curioso
Na hora da entrevista, faça perguntas sobre a empresa. Não esqueça que não é só o entrevistador quem avalia. Você também está analisando a empresa.

6. Explicite seus valores pessoais
As empresas têm uma preocupação especial em saber se há compatibilidade entre seus valores e os de seus funcionários. A preocupação com o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal e a dedicação a algum tipo de trabalho social costumam ser vistas com simpatia.

7. Não exagere
Não tente impressionar com conhecimentos que você não domina – mas também não sabote a si mesmo. Nessas horas, é melhor ser autêntico e sincero. Candidatos que são flagrados mentindo são descartados na hora.

8. Turbine seus conhecimentos
Faça uma especialização. Mas cuidado para não investir tempo e dinheiro em escolas ou cursos que pouco tenham a ver com seus planos. As empresas valorizam currículos que apresentam nomes de instituições que são referência.

9. Faça pesquisa criativa
Não dá para ir a uma entrevista sem conhecer bem a empresa. É preciso visitar o site da organização, conhecer seus produtos, estudar o mercado em que ela atua e saber quais são seus concorrentes. A maioria dos candidatos à vaga fará isso. Então como se destacar? Saiba mais. Faça uma pesquisa melhor que a dos outros. Fale com clientes, tenha ideias para produtos. Lembre-se: você quer trabalhar lá, não quer? Então, comece trabalhando.

10. Ajuda conhecer alguém
Ter uma boa rede de contatos é meio caminho para conquistar a vaga. Boa parte das 100 Melhores Empresas estimula seus funcionários a indicar pessoas para trabalhar. Poucas divulgam suas vagas para o mercado ou em anúncios em jornais. Portanto, saia da toca, frequente congressos e feiras, faça novas amizades, troque cartões, telefone para os amigos…
Consultoria: Lucia Costa, sócia-diretora da Mariaca Lee Hecht Harison; Márcia Fernandes, diretora de RH da Promo; Fabiana Nakazone, gerente da divisão do Grupo DMRH – Companhia de Talentos; Fátima Zorzato, presidente da Russell Reynolds; e Laís Passarelli, sócia-diretora da Passarelli Consultores