SERVIÇO DE PRIMEIRO OU TERCEIRO MUNDO: eis a quest

SERVIÇO DE PRIMEIRO OU TERCEIRO MUNDO: eis a quest

Esta semana tive um problema com meu veículo numa rodovia pedagiada próxima. As placas colocadas pela concessionária na rodovia tinham dizeres do primeiro mundo: Socorro médico e mecânico 24 horas, disque 0800 e outros benefícios.

No entanto me deram tratamento típico de serviço de terceiro mundo, aliás, não poderia ser outro, afinal aqui não é o primeiro mundo.

Uma viatura da polícia rodoviária parou logo a seguir e me ofereceu ajuda imediatamente. Prometeu ligar para a concessionária e saiu. De tanta espera, pude confirmar que estes policiais até então de primeiro mundo, não tinham solicitado a ajuda prometida. Talvez porque o rádio não que era do primeiro mundo não funcionou e como estou no terceiro mundo também não foi necessário me avisar, aliás, o risco era meu e não deles.

No terceiro mundo se começa do zero toda vez que algo não funciona, e como integrante deste mundo, fiz o contato com o 0800 da concessionária e não demorou muito para o tal socorro anunciado.

Fora àquelas poucas contrariedades estava tranqüilo, afinal a rodovia é de primeiro mundo, se considerarmos o valor cobrado na cabine de pedágio, pois teria a compensação de ser resgatado por um socorro mecânico de primeiro mundo.

Porém comecei a desconfiar quando o motorista do socorro me avisou que o seu serviço limitava-se a deixar no primeiro posto de combustível, o que vale dizer que era apenas um socorro guincho.

Tranqüilizou-me dizendo que naquele local tinha banheiro, lanchonete, e outras mordomias, o que não me interessava naquele momento, pois o meu problema era mecânico. No local notei que me deixaria em um lugar escuro, pedi para deixar em frente ao mecânico. Fiquei surpreso ao saber que naquele local não tinha mecânico. Ao ser indagado se aquilo era socorro guincho ou socorro mecânico, me disse que cumpria ordens e nada pude fazer.

O final desta estória você irá saber se acontecer o mesmo com você. Ouvi dizer que as pessoas do primeiro mundo reclamam com veemência quando algo sai errado, e num acesso de imitação disparei reclamações para todos os lados.

O diretor presidente da concessionária me respondeu que o serviço prestado é excelente, tanto que esta sendo copiado pelo primeiro mundo. Imaginem copiar um socorro guincho. A agência reguladora de transportes e a ouvidoria da Polícia Militar ainda não responderam, porque aqui no terceiro mundo as coisas são assim mesmo demoradas.

Neste caso para o serviço em questão ser de primeiro mundo bastava apenas à concessionária fazer um convênio sem custo com um mecânico 24 horas a cada 50 km. Porém não aceitou as minhas sugestões, pois acredita que está prestando um serviço de primeiro mundo segundo quis fazer crer o seu diretor presidente.

Quero com isto dizer para você, que são pessoas que ditam a classificação e se enquadram naquele ou no outro mundo. Faça a sua parte ao deparar com serviços ineficientes reclame, e muito. Não se esqueça também que deve prestar um serviço eficiente. A diferença entre o melhor e o pior é muito pequena, muitas vezes entre o primeiro mundo e o terceiro está apenas no comportamento, na atitude ou na ação.