MEU EMPREGO: é um negócio próprio

MEU EMPREGO: é um negócio próprio

Tradicionalmente as pessoas procuram se empregar em uma empresa. Na maioria das vezes se esquecem que existem outras formas de empregaem-se. Uma delas é criar o seu próprio negócio.

Tempos atrás participei de um curso para formação de micros e pequenos empresários que na época era realizado pela SENAC. Muito embora a minha matéria fosse Legislação Trabalhista, o questionamento mais freqüente dos candidatos a empresários era: que tipo de negócio dá certo? Respondia que qualquer negócio dá certo. Conheço pessoas que montam um negócio qualquer e fazem o maior sucesso, ao passo que outras tomam a mesma iniciativa e naufragam.

Você já deve ter se perguntado as razões que levam uma pessoa a. não ter a mesma sorte que outras no resultado do seu negócio.

As razões são muitas para o fracasso, a mais importante é a falta de habilidades dos verdadeiros empreendedores, que são: a automotivação, a autodisciplina, visão do futuro, o pensamento do lucro e vender o seu negócio.

A falta desses requisitos explica o porquê, um profissional bem sucedido ao montar seu negócio próprio, pode não dar certo. O espírito empreendedor vai além de simplesmente ser um excelente profissional..

Ter um negócio próprio é uma aventura arriscada. Os seus rendimentos não são fixos e nem tem data certa para ser pago. Os seus horários de trabalho podem dobrar . Finais de semana e feriados não são dias certos para descanso. Além do mais após a abertura, existe um bom prazo para que haja retorno do investimento no negócio que pode variar de 2 a 5 anos. As maiorias das empresas abertas encerram suas atividades em até 2 anos da abertura.

Portanto os que dão certo em negócios próprios são pessoas especiais, que antes de tudo são detentores de personalidade para encarar um grande desafio.

Se tiver as habilidades dos empreendedores, meus parabéns, pois já tem seu emprego garantido. Mas, se não tiver, não deve ficar muito preocupado, porque ninguém nasce empreendedor, pode se aprender.

Neste caso o trabalho mais importante não vai ser dirigido ao negócio, mas na busca de determinadas atitudes que podem criar os fundamentos do seu sucesso: tais como cursos, consultorias e entidades que ajudam os novatos a constituir seu negócio próprio, como o Sebrae, Senac, Senai e outras tantas que existem.

Vá a luta, muitas vezes o seu emprego depende de você e não dos outros. Tenha um negócio próprio e tenha a garantia de um excelente emprego.