O que sua mesa diz sobre você?

Se você está sentado em frente a ela agora, dê uma olhada em volta e se pergunte: “O que esta mesa está dizendo sobre mim?”

Que mensagens aqueles papéis, objetos e fotos enviam para seus colegas de trabalho ou para seus superiores?

Assim como as roupas que decidimos usar, nossa mesa de trabalho geralmente é percebida como uma extensão de nossa personalidade. Até aí, nenhuma novidade, mas certamente é bom você não se esquecer disso.

Estudos recentes revelaram que as mesas de trabalho podem ser úteis para gerentes que tentam compreender ou motivar suas equipes. E o contrário também é verdadeiro. Se você se preocupa em saber o modo como está sendo percebido no trabalho – e talvez você pense em modificar essa percepção – arrumar a mesa de trabalho é uma ótima forma de começar.

Ao considerar o estado de sua mesa e os sinais que ela envia sobre você, tenha em mente os seguintes estereótipos:

O espaço de trabalho motivado. Colocar metas de trabalho, gráficos, imagens e prazos estrategicamente bem à vista dos que passam provavelmente fará com que as pessoas pensem em você como alguém ambicioso e orientado para objetivos.

Família, amigos e animais de estimação. Você perdeu aquele toque humano? Colocar no seu espaço fotos dará a impressão de que você é alguém “ligado nas pessoas e na natureza”, motivado pelos relacionamentos a sua volta.

Não exagere. É preciso considerar: o estilo predomina sobre o conteúdo? Ou melhor: o estilo tem conteúdo? Alguns acessórios ou bugigangas da moda podem elevar a cotação de suas ações na bolsa do estilo. Mas tome cuidado: Como o belo, o que é considerado de bom gosto varia de pessoa para pessoa.

Mesa de trabalho vazia. Geralmente as pessoas consideram que um espaço assim corresponda a tipos mais introvertidos. É como construir uma barreira de arquivos do escritório para se esconder atrás dela ou posicionar sua mesa para evitar contato visual. Entretanto, com o aumento do número de interpretações de mesas de trabalho, uma área de trabalho vazia pode ser interpretado como alguém que não ter nada a oferecer.

Ponto de encontro. Objetos de times de futebol, fotos mostrando você abraçando sua banda favorita ou uma miniatura do carro dos seus sonhos: ícones como esses estimulam comentários sobre seu local de trabalho. Pessoas sem problemas para mostrar seus interesses geralmente são vistas como extrovertidas, o que pode ser ótimo, dependendo de seu cargo.

Ambiente controlado. Precisa mostrar a seu gerente que você está mais organizado este ano? A mesa de trabalho arrumada pode ajudar justamente a dar um passo na direção certa. Funcionários que trabalham em um local organizado geralmente são considerados conscientes e pontuais. Mas as aparências podem enganar!

Teoria do caos. Você quer parecer multiuso e capaz de assumir riscos altos? Considere espalhar sua papelada aleatoriamente pela mesa, deixar largados alguns copos com restos de café e distribuir algumas pilhas de documentos fora de ordem. Uma mesa de trabalho confusa pode ser associada a alguém multitarefa, flexível, capaz de alternar entre trabalhos de forma rápida e sem estresse. Por outro lado, você também pode parecer desorganizado e pouco confiável.

Na próxima vez em que circular pelo escritório, reserve um tempo para analisar as mesas de seus colegas e gerentes. Você pode encontrar um novo amigo, ou perceber qual deve ser a aparência da sua mesa para fazer seu chefe sor