SOMOS MAIS RICO: que os americanos

“Cada vez mais vou me convencendo de que, gastando muito,
a gente aparenta ser rico. E você? Muito embora não seja rico,
mas obrigado a pagar todas essas contas parece que é”

O que sempre ouvimos, é que os Estados Unidos é um país rico. O Brasil não está na lista dos países ricos, e portanto somos e pertencemos a um país pobre.

Feita esta constatação, pesquisei o comportamento dos brasileiros e encontrei muitas contradições em comparação com os americanos, o que me leva a concluir que somos muito mais ricos que os “gringos” da América.

Para começar verifiquei que o Brasil muito embora tenha o maior potencial de água doce do mundo, além de desperdiçar uma grande parte, ainda cobra da sua população o dobro do que pagam os americanos.

As tarifas de telefone, eletricidade ficam mais caras para os brasileiros em 60% das contas dos americanos. Nossos veículos custam o dobro dos vendidos nos Estados Unidos. Abastecemos nossos veículos com gasolina produzida no Brasil o que também é o dobro do combustível que os americanos pagam nos Estados Unidos.

Temos tanto para gastar que pagamos IPVA para o governo fazer a manutenção das rodovias, que por sua vez repassou a iniciativa privada mediante cobrança de pedágio dos usuários, porém o IPVA não foi extinto. Os americanos não pagam IPVA, afinal pobres são isentos.

O ICMS por aqui é de 18%, e lá os “gringos” americanos pagam o equivalente de apenas 6%.

E o esbanjamento não para por aí, pois ainda pagamos PIS, Cofins, CPMF, ISS, INSS, IPTU, IPVA,IR, e dezenas de impostos, taxas e contribuições, em geral com efeito cascata, de imposto sobre imposto, e como todo povo que esbanja riqueza, ainda fazemos festa nos estádios de futebol e nas grandes passarelas de carnaval, aliás estes dias nem trabalhamos.

Um povo assim só pode ser rico. Os americanos em relação ao Brasil são pobres, tanto que são isentos do imposto de renda se ganham menos de R$ 7.500,00 mensais. Já o brasileiro se ganha a partir de R$ 1000,00 paga imposto de renda.

Nos serviços públicos, os brasileiros são tão ricos que pagam sua própria segurança; nos Estados Unidos, os pobres cidadãos dependem da segurança pública. No Brasil, os pais pagam a escola e os livros dos seus filhos, porque,afinal, devem nadar em dinheiro. Nos Estados Unidos, os pais americanos não têm toda essa fortuna e mandam seus filhos para as escolas públicas, onde os livros são emprestados aos alunos.

Afinal, quem é rico e quem é pobre?

Cada vez mais vou me convencendo que, gastando muito, a gente aparenta ser rico. E somos infelizes sem saber. E você? Muito embora não seja rico, mas obrigado a pagar todas essas contas parece que é. Deve estar me perguntando: como posso mudar? Minha resposta é: pelo voto. Como já votou, veremos se você se será rico de fato ou apenas na aparência.

João de Araújo é pós-graduado em RH, advogado consultor trabalhista e diretor da Abal Gestão de Serviços Ltda.