FAÇA: para você mesmo

“Faça o melhor que puder, como se fosse para você mesmo, Só assim
Estará criando um clima ao seu redor de satisfação e de boa vontade”

Na maioria das vezes o nosso trabalho é feito para os outros. O beneficiário final do serviço prestado é um terceiro, o que leva a conclusão que as consequências de estar mal feito sempre será do outro.

É um engano este tipo de pensamento. Devemos ter em mente que velhos hábitos não são fáceis de serem modificados e muitos deles, podem levar algum tempo para sem modificados. Espero que a estória abaixo ajude-o a compreender o que melhorar em você.

Conta-se que um velho carpinteiro preste a se aposentar, e embora na sua vida profissional tivesse construído milhares de casas, ainda não tinha feito a sua própria casa. Falou com seu patrão sobre sua decisão e contou-lhe que após a sua saída iria dedicar a construção da sua própria casa, porém com poucos recursos achava que iria demorar bastante para poder desfrutar da sua aposentadoria em uma casa de sua propriedade.

O patrão em consideração ao tempo de trabalho, pediu-lhe para o carpinteiro fazer um ultima casa, antes do seu desligamento, com recomendações que fosse a melhor já então construída.

A carpinteiro passou a construir a casa, mas desde logo ficou claro que o seu pensamento e seu coração não estavam mais no trabalho, e no termino ficou comprovado que a casa construída era de péssima qualidade.

Ao fazer a entrega das chaves, o patrão recusou em recebê-las dizendo: não preciso nem ver a bela casa que fez, esta casa é sua, é meu presente para você.

Foi um grande choque para o carpinteiro, pois se estivesse construindo a sua própria casa teria feito muito melhor. Agora teria que morar numa casa mal feita.

Isso acontece conosco. Quem constrói a vida descuidada, fazendo pior quando poderia ser melhor, acaba como o carpinteiro da nossa estória.

O que você faz para os outros recebe de volta. Quando dizemos “bom dia”, recebemos a voz do outro lado também desejando um bom dia.

Faça o melhor que puder, como se fosse para você mesmo, só assim estará criando um clima ao seu redor de satisfação e de boa vontade, capaz de transformar sua vida mais feliz.

João de Araújo é pós-graduado em RH, advogado atua na área trabalhista, diretor da Abal Gestão de Serviços Ltda.